Logo USP

facebook

english

español

Doutorando do VCM lança livro sobre Terapia Fotodinâmica

 

18 05 2017 11 48 22

Fábio Parra Sellera fez doação do livro para a Biblioteca "Virginie Buff D’Ápice" da FMVZ USP                                            Foto: Ernani Coimbra   

 

Publicado em 10/5/2017 - Por Adriana Carrer

 

Com o título em inglês Photodynamic Therapy inVeterinary Medicine: from Basics to clinical Practice (ainda sem previsão para tradução em português), o livro conta com a autoria do doutorando pelo Departamento de Clínica Médica (VCM) da FMVZ-USP, Fábio Parra Sellera; da médica veterinária e chefe da Unidade Veterinária do Aquário Municipal de Santos Cristiane Lassálvia Nascimento e da pesquisadora do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN) Martha Simões Ribeiro.

A obra oferece uma introdução à terapia fotodinâmica, uma nova abordagem para o tratamento de doenças complexas, como infecções em animais. Permeia desde o básico na área até a prática clínica, trazendo fundamentos aplicados no uso da terapia. Inclui ainda uma coleção de estudos básicos e clínicos em câncer e doenças infecciosas, com ilustrações de procedimentos de tratamento bem-sucedidos e perspectivas futuras de aplicações inovadoras envolvendo nanotecnologia e uso de fármacos. O livro destina-se aos alunos, professores e médicos veterinários interessados em aplicar a terapia.

Em sua primeira edição, o livro tem 228 páginas na versão impressa com fotos de casos clínicos, ilustrações, gráficos e tabelas coloridas, fornecendo aos leitores experiências bem sucedidas que podem ser implementas na rotina clínica. Para o autor, o importância do livro se dá por trabalhar uma temática nova na Médicina Veterinária, com o pioneirismo de ser direcionado exclusivamente para o uso do tratamento de enfermidades em animais. Descrita há mais de 100 anos, a Terapia Fotodinâmica só foi trabalhada nos anos 80 para o atendimento em animais, comenta Fábio Sellera sobre a técnica reconhecida mundialmente como alternativa para o tratamento de câncer em seres humanos. A abordagem vem chamando a atenção da comunidade científica por apresentar um amplo espectro de ação, somado ao fato de não selecionar populações de micro-organismos resistentes, circunstância comumente observada em tratamentos envolvendo o uso de antibióticos, afirma Sellera.

"Nosso objetivo foi elaborar um livro consistente, que abordasse não apenas as diversas aplicações clínicas, mas que também fornecesse os conceitos fundamentais envolvidos, e para isto, contamos com a colaboração de pesquisadores que militam em áreas básicas como química e física", destaca o autor.