Logo USP

facebook

english

español

Especialista americana discute mudanças no abatedouro-escola do Campus Fernando Costa

 templebordas

A professora Temple Grandin avalia a planta desenhada por Fernando Mamede, mestrando da USP

 

O professor Adroaldo Jose Zanella, que coordena o Centro de Estudos Comparativos em Saúde, Sustentabilidade e Bem-Estar (CECSBE-USP), do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde animal (VPS) da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), participou de reunião com a professora de Bem-Estar Animal no Department of Animal Science, da Colorado State University  Temple Grandin, altamente respeitada como especialista na área de manejo no abatedouro e insensibilização de animais de produção.

Na ocasião foram discutidas mudanças importantes no abatedouro-escola do Campus Fernando Costa da Universidade de São Paulo, em Pirassununga-SP, para ensinar os estudantes da universidade como deve ser feito um abate de forma ética, respeitando os conceitos de bem-estar animal no manejo e condução dos animais e também no processo de insensibilização, garantindo assim, um abate com o menor desconforto possível para os animais.

A discussão ocorreu durante a Conferência Internacional em Bem-Estar Animal e Mostra Científica em Bem-Estar Animal que aconteceu de 11 a 13 de agosto de 2016, em Itapiranga-SC. Estiveram presentes Fernando Mamede (mestrando USP), Luiz Storino (Geave Tecnologia Ltda.), professora Temple Grandin, Thiago Bernardino (doutorando CECSBE-USP) e a professora Andreia de Paula Vieira (Universidade Positivo).