Logo USP

facebook

english

español

Projeto A Fada do Dente da FMVZ-USP é premiado em evento internacional

premio-fada

Dra. Graciela Pignatari, pesquisadora da USP, recebe prêmio de 1º lugar no 4º Simpósio Científico Cejam

O estudo dos mecanismos biológicos envolvidos no Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é um dos objetivos do Projeto A Fada do Dente, que apresentou o trabalho científico “Investigação dos fenótipos neuronais envolvidos no transtorno do espectro do autismo e na distrofia muscular de Duchenne (DMD)" e foi o grande vencedor do 4º Simpósio Científico Internacional Cejam, realizado nos dias 15 e 16 de outubro, no auditório do Hospital Albert Einstein.

O trabalho, elaborado por Cientistas do Laboratório de Células-Tronco da FMVZ-USP e EACH-USP mostra resultados dos neurônios obtidos a partir da reprogramação de células-tronco da polpa dentária de indivíduos com autismo e DMD.

Para a pesquisadora da FMVZ, Graciela Pignatari “apresentar o nosso projeto aos profissionais da saúde do Cejam nos trouxe a oportunidade de mostrar que é possível estudar células neuronais de indivíduos com TEA e DMD no laboratório, a partir da doação de um dente de leite. E ainda, que os conhecimentos biológicos acerca de uma doença são bastante valiosos e podem no futuro ser a esperança de uma medicina personalizada e proporcionar melhora na qualidade de vida destes indivíduos”.

O Simpósio foi idealizado com o objetivo de estimular o debate, promover a atualização dos profissionais de saúde e incentivar a produção científica da área. Em 2015, contou com a apresentação de mais de 40 trabalhos científicos.

O Centro de Estudos e Pesquisas "Dr. João Amorim" (Cejam) é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que gerencia diversos serviços de saúde, com atuação nos municípios de São Paulo, Mogi das Cruzes, Arujá, Rio de Janeiro e Embú das Artes.