Logo USP

facebook

english

español

Hovet conquista inovação tecnológica para realização de exames de tomografia

Tomo interna

 

Desde março, o serviço de diagnóstico por imagem do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, que atende às demandas do Hospital Veterinário (Hovet), conta com uma importante inovação tecnológica. Trata-se de um equipamento de tomografia computadorizada multislice com dezesseis canais de detectores, ofertado pelo Instituto do Coração (Incor). “Essa nova aquisição possibilitará a realização de exames mais rápidos e com possibilidade de introdução de novos protocolos de investigação e pesquisa na área de exames por imagem e contribuirá para a modernização do atendimento no Hovet”, salientou a Professora Ana Carolina Brandão de Campos Fonseca Pinto, do Departamento de Cirurgia.

A nova tecnologia permite procedimentos muito mais rápidos, portanto, com maior controle sobre a exposição à radiação ionizante, tanto do paciente, quanto das pessoas próximas ao ambiente. “Permite também, exames mais detalhados, pois podem ser reconstruídos cortes de até 0,6 milímetros, informa a dose de radiação que o paciente está recebendo e possui diferentes softwares de pós-processamento de imagem, ” descreveu Ana Carolina. Ela explicou que no final de 2013, quando a doação foi confirmada, fez-se necessária uma série de adequações a fim de viabilizar a instalação do dispositivo. “Foi preciso fazer a sua manutenção, adquirir e instalar um transformador de energia e providenciar a adaptação da parte elétrica do prédio e da sala onde ele foi instalado. Tais ações envolveram muitas pessoas, investimentos adicionais em todas as etapas da instalação”, ponderou.

Os exames de tomografia começaram a ser oferecidos no Hovet, a partir de 2000, com um equipamento de terceira geração doado pelo Hospital das Clínicas, que foi substituído em 2009 por outro já helicoidal com uma única fileira de detectores, ofertado pelo Hospital Universitário da USP. O equipamento multislice coloca a FMVZ-USP na lista das poucas instituições do país que contam com tal tecnologia na área veterinária.