Logo USP

facebook

english

español

Pesquisador francês está no Brasil para colaborar com Grupo de Pesquisa sobre Toxoplasma gondii

Imagem link final

Daniel Ajzenberg  é Professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Limoges, na França

Especialista em genética de populações e epidemiologia da toxoplasmose de um dos mais destacados laboratórios da Europa contribuirá com o Grupo de Pesquisa do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP, que pretende esclarecer o papel dos diferentes ambientes e espécies animais (domésticos e silvestres) na epidemiologia e patogenicidade dos isolados de Toxoplasma gondii do Brasil, com enfoque especial na Amazônia.

Ajzenberg é bolsista do CNPq como pesquisador visitante do projeto “Pesquisa, Isolamentos e Caracterização Biológica e Genotípica de Toxoplasma gondii em animais silvestres e domésticos de diferentes regiões do Brasil”, coordenado pela Professora Solange M. Gennari.

Segundo Gennari, “o Brasil é um dos locais do mundo de maior diversidade genética desse parasito com cepas de grande patogenicidade, que fazem com que este parasito desperte grande interesse das comunidades científicas nacionais e mundial”.

 Em 2014, o pesquisador francês esteve no Brasil por três meses e retornou em fevereiro deste ano para mais 90 dias de trabalhos em colaboração. Nesse período já realizou várias coletas de tecidos e sangue de animais silvestres e domésticos (galinhas) e em diferentes regiões do país, como Fernando de Noronha, Amazônia (Estados do Pará e Amazonas).